Motorizações ENERGY

Energy DCI 75 & Energy DCI 90

Energy dCi: Número 1 em emissões de CO2

Concebidos na base do 1.5l dCi, do qual foram produzidas mais de 1,1 milhão de unidades em 2011, a Renault criou dois novos motores: Energy dCi 75 e Energy dCi 90; Adaptados a todas as utilizações profissionais, são notavelmente eficientes. As novidades tecnológicas integradas nestes motores permitem, com a mesma potência, reduzir o consumo de combustível e as emissões de CO2 em 13% relativamente às versões anteriores.

Para atingir este desempenho, os motores ENERGY dCi 75 e Energy dCi 90 beneficiam de um conjunto de tecnologias, como é o caso do Stop & Start, da recuperação de energia da travagem, da EGR (reciclagem de gases de escape) de baixa pressão e da gestão térmica (…), todas elas orientadas para o aumento da eficiência energética do motor: mais eficácia, mais prazer de condução e mais económico.

O custo de utilização do Kangoo Express é nitidamente inferior, com um consumo de apenas 4,3 L/100 km* e emissões à CO2 / km* de 112 g, e, graças a um intervalo de revisão alargado para 40 000 km ou 2 anos (o que primeiro ocorrer), também os custos de manutenção são menores.
Com os novos motores ENERGY dCi 75 e Energy dCi 90, o Kangoo Express reduz ao máximo a sua pegada ambiental e torna-se líder da sua categoria.

* O consumo de combustível está homologado de acordo com um método padrão e a legislação em vigor. Idêntico para todos os construtores, permite comparar os veículos entre si. Em situação real, o consumo depende das condições de utilização do veículo, dos equipamentos instalados e do estilo de condução do condutor. Saiba como otimizar o consumo do seu automóvel.

Stop & Start

Stop & Start e recuperação da energia de travagem

Os motores ENERGY dCi 75 e ENERGY dCi 90 (Energy dCi 110 e ENERGY TCe 115 a adicionar consoante a data de disponibilidade oficial) beneficiam de um concentrado de tecnologias destinadas a melhorar o rendimento do motor, para reduzir ao máximo o consumo e as emissões.

A tecnologia Stop & Start, aliada a um sistema de recuperação de energia da travagem/desaceleração, desliga automaticamente o motor quando o veículo está parado. Desta forma, a emissão de poluentes é nula.

Quando o condutor carrega no pedal da embraiagem, o arranque é quase instantâneo. Para assegurar os múltiplos arranques do motor, o motor de arranque (motor de arranque e coroa do volante) e o sistema de injeção (bomba e injetores de alta pressão) foram reforçados.

Toda a base do motor foi redimensionada para poder efetuar 410 000 ciclos de arranque (em 300 000 km), ou seja, cerca de sete vezes mais do que é possível com um motor clássico sem Stop & Start.