Descubra a RenaultMEIO AMBIENTE

Fabricar «limpo» para proteger o ambiente


A Renault está implicada na salvaguarda do ambiente. Assim, tal como os veículos, também as fábricas participam na luta contra a poluição. Para isso, o construtor implementou uma verdadeira política que visa reduzir e tratar as emissões nocivas e os detritos inerentes à fabricação.
O melhor exemplo desta vontade são as instalações de Curitiba, no Brasil, onde foi desenvolvido um tipo de gestão dos fluidos industriais para a eliminação dos resíduos líquidos, aumentando nomeadamente a duração dos banhos para a maquinação no sector da mecânica. Foi feito o mesmo esforço no domínio da carroçaria, onde se tende cada vez mais a utilizar tintas com fraca percentagem de compostos voláteis.

A utilização de produtos hidrodiluíveis (80% de água e 20% de solventes) é portanto incentivada, enquanto que a recuperação e o tratamento de solventes se tornaram sistemáticos. A reciclagem de águas pluviais em águas industriais é também uma das preocupações da Renault que implementou este sistema na fábrica de Maubeuge.

Todos estes dispositivos estão em curso de desenvolvimento em todas as fábricas. Este rigor é também transmitido aos fornecedores, dado que a Renault exige o respeito pela norma NGO (Preto, Cinzento, Laranja) que define as matérias interditas, a evitar e a controlar para os componentes automóveis.

O conjunto das fábricas Renault é reconhecido em termos de respeito pelo ambiente através da certificação ISO 14001. Esta política do ambiente reflecte-se também nos investimentos indispensável para criar novas ferramentas que permitam «fabricar ecologicamente».